quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

O rio das framboesas



Título - "O rio das framboesas"


Autor - Karem Wallace


Editora - Presença


ISBN - 972-23-2735-6


Resumo - Aquele iria ser um verão glorioso.Naney e o irmão mais velho, Andrew, sentiam-se mais felizes do quenunca. O seu grupo de amigos, que incluía a Claire, a Amy, a Sandra eo Tracy, ia estar reunido, os troncos que todos os anos desciam pelorio Gatineau já tinham começado a aparecer e prometiam fazerexcelentes canoas; o bosque estava magnífico e as framboesas quecresciam junto a Yangtze, o lugar magnífico, estava cada dia maisvermelhinhas e doces. Todos os sonhos eram possíveis naquele tempodourado da infância, quando as tardes pareciam não ter fim e um gozoindescritível de liberdade e aventura invadia cada movimento dascrianças. Mas aquele seria também o verão que mudaria para sempre assuas vidas. A curiosidade a respeito do mundo dos adultos, adescoberta de alguns dos seus aspectos mais secretos, do amor, dosexo, ia luta por compreende-los ia prender a partir de então todas asatenções deste grupo de amigos. Nada voltaria a ser como dantes,também é uma história magnífica, divertida como o vento, passada noCanada rural dos anos 50.


Opinião - Eu achei este livro emocionante e interessante por causa de certos momentos.

6 comentários:

Anónimo disse...

Gostei muito deste livro,lemos o livro todos juntos mas quem o leu foi a Dona Adilia.
Costumamos ler ás Quintas Feiras e já lemos alguns.
A biblioteca da minha escola está melhor que nunca.
Bruno Vilela n6 8D

Anónimo disse...

o livro e muito fixe e já li 3 vezes e não me canso de a ler.

Anónimo disse...

não gosto nada do livro n15 Jorge 5ºc.

Anónimo disse...

este livro é uma shit --'

slb_xaves disse...

a minha stora disse que e fixe e eu concordo

Anónimo disse...

e eu tenho de fazer um powerpoint sobre ele e ja sao meia noite e ainda n fiz nada é para apresentar as 8:30 da manha e estou a ver que vou levar nega puta que pariu esta merda,é que se eu levar nega quem paga vai ser a autora,porque carga de agua lhe da na cabeça para escrever um livro dos anos 50?!